Caso você saiba manusear as peças de madeira que pretende utilizar para seu armário, lembre-se da necessidade de contar com cavaletes e serrinha. Outro ponto importante é quanto às furações, que deverão ser cuidadosamente distribuídas para que a montagem seja a mais eficiente o possível. Lembre-se de sempre consultar o plano que decidiu seguir. Essencialmente, nesta fase, você precisará de martelo, furadeira e chave de fenda. 
Estarão envolvidas 53 entidades neste plano, incluindo “companhias aéreas, operadores turísticos e também agências de viagens online mais relevantes dos respetivos mercados”, detalhou o mesmo documento. Os planos serão apoiados pelo Turismo de Portugal, que irá trabalhar com as Agências Regionais de Promoção Turística e implicam um investimento que chega a um milhão de euros.
Se você se mudou recentemente e precisa economizar nos móveis, essa é uma excelente alternativa. Os blocos são uma ótima base para criar o seu próprio rack de sala com apenas algumas unidades e ripas de madeira. No caso desta da imagem foram necessários apenas 6 blocos para criar níveis de alturas diferentes e 3 ripas de madeira para dar suporte aos acessórios e eletrônicos da casa. Tudo bem simples e resistente!
Depois de saber quem era Marcelo Cintra, descobri que ele juntou todo o seu conhecimento e criou um método, ele lançou o curso Como Fazer eu mesmo, que ensina como fazer moveis planejados passo a passo, onde ele compartilhou seus conhecimentos dentro de um método fácil, prático e de simples entendimento para que seus alunos construíssem seus próprios móveis sob medida, a um custo-benefício ótimo para que os alunos obtenham a máxima na obtenção de lucros caso queiram trabalhar comercialmente.
Para um revestimento na vertical, são apenas necessárias ripas na horizontal; para um revestimento na horizontal, apenas são necessárias ripas na vertical. O espaçamento entre ripas não é muito importante, excepto se quiser junções escalonadas em filas alternadas de tábuas, pelo que, nesse caso, deve ter cuidado para que a ripa fique por baixo de cada junção para permitir a fixação. Pode também colocar as tábuas na diagonal, o que não é muito difícil, mas será melhor não complicar muito e usar apenas ângulos de 45°. Isto pode ser feito com várias e bem conhecidas configurações. As uniões de tábuas de macho e fêmea e em V são geralmente referidas como MFV, sendo um tamanho comum de cerca de 9 x 100 mm; com a perda da parte macho no encaixe, cada tábua cobre uma área de cerca de 90 mm de largura. Estão disponíveis vários perfis decorativos. A respiga com encosto é normalmente mais pesada. Um tamanho típico é de 12×121 mm, sendo a real cobertura de cerca de 110 mm. O MFV é normalmente fixo através de pregos escondidos.
Corte os painéis laterais. Usando MDF de 2 cm ou um material semelhante, como madeira, corte as partes laterais do armário. Não importa qual a aparência desse material, já que os lados não serão vistos; procure somente por algo resistente e que possa pagar! Os painéis terão altura de 90cm e largura de 60cm. Acrescente um recuo na parte inferior prendendo os dois painéis laterais juntos e cortando um entalhe de 7,5 por 9 cm no canto deles com uma serra tico-tico. Essa será a parte frontal inferior. Solte as peças depois de cortadas.
Tocomadera es un proyecto de mobiliario social, desarrollado en el ámbito de las actividades de investigación y extensión de la Escuela Universitaria Centro de Diseño (Farq/UdelaR) de Uruguay. El equipo responsable está compuesto por 5 diseñadores y el proyecto, concebido dentro del formato de diseño de código abierto, es decir, de uso libre y gratuito, apunta a proveer una solución de equipamiento doméstico a programas de asistencia social o a poblaciones ante situaciones de catástrofe.
6 – Agora que já tem a base pronta é só preencher com as demais ripas, espaçando uma entre as outras. Aqui foi usado fita dupla face da 3M pra prender. Você também pode fazer isso, caso seu suporte seja de fixar na parede. Quando for definir os espaços entre as ripas, defina onde o suporte irá e, se for necessário, deixe esse lugar com um vão maior pra que ele passe.

Os projetos a seguir são super simples. Qualquer um será capaz de realizar as ideias apresentadas, dos mais experientes com o manuseio de ferramentas até os mais desajeitado. Então, se há algumas coisas sobrando em sua casa que você estava pensando em jogar fora, pois não encontrava utilidade, essa é hora de você acordar aquele espírito Faça Você Mesmo que está adormecido dentro de você e mãos à obra.


Bienvenidos a toda la comunidad de carpinteros y carreras afines que nos visitan en nuestra pagina web, en esta ocasión les compartiré planos para poder construir muebles de madera, Los planos van dirigidos para quienes quieran adentrarse en el mundo de la autoconstrucción pero no tienen mucha experiencia, en donde Tocomadera, es un proyecto uruguayo de mobiliario social, en donde tienen una solución y nos muestra una serie de planos para que nosotros podamos construir muebles de madera de uso libre y gratuito.
Os espaços integrados estão na moda. Porém, nem sempre surgem totalmente abertos, mas sim com superfícies divisórias que os delimitam apenas de forma parcial. Neste projecto, por exemplo, colocou-se uma sucessão de ripas de madeira que permite a visibilidade e comunicação entre os dois espaços, a passagem da luz e a correcta ventilação, sem nunca diminuir o tamanho do ambiente em causa. 
Depois de saber quem era Marcelo Cintra, descobri que ele juntou todo o seu conhecimento e criou um método, ele lançou o curso Como Fazer eu mesmo, que ensina como fazer moveis planejados passo a passo, onde ele compartilhou seus conhecimentos dentro de um método fácil, prático e de simples entendimento para que seus alunos construíssem seus próprios móveis sob medida, a um custo-benefício ótimo para que os alunos obtenham a máxima na obtenção de lucros caso queiram trabalhar comercialmente.

O Governo aprovou um plano para minorar no Algarve e na Madeira os efeitos do Brexit e da falência das companhias aéreas Monarch, Air Berlin e Niki, que vieram reduzir a capacidade destas duas regiões. O objetivo do plano é “combater a sazonalidade turística nas regiões dos Algarve e da Madeira para o Inverno de 2018/2019” através da “promoção destes destinos em países considerados prioritários”, adiantou o secretaria de Estado do Turismo, em comunicado.
×