O Governo aprovou um plano para minorar no Algarve e na Madeira os efeitos do Brexit e da falência das companhias aéreas Monarch, Air Berlin e Niki, que vieram reduzir a capacidade destas duas regiões. O objetivo do plano é “combater a sazonalidade turística nas regiões dos Algarve e da Madeira para o Inverno de 2018/2019” através da “promoção destes destinos em países considerados prioritários”, adiantou o secretaria de Estado do Turismo, em comunicado.
La casa que traigo hoy tiene algunos detalles que la vuelven muy interesante. Entre ellos podemos destacar que se trata de un plano con un diseño de concepto abierto, algo que últimamente esta muy de moda. Como podemos observar en la imagen que acompaña al plano y en la misma distribución esta pensada como una … Sigue leyendo Plano de casa de madera de dos plantas, tres dormitorios y 183 metros cuadrados
La licencia de todos estos planos de muebles de madera el Creative Commons que se pueden compartir, copiar, redistribuir, modificar, adaptar para cualquier propósito incluso el comercial. El sistema puede ser producido a escala masiva y estandarizada, o formar parte de programas de capacitación y autoconstrucción por parte de los propios involucrados y futuros usuarios.
Depois de definir o tamanho das gavetas e realizar as furações para montar as peças, é hora de começar a pensar nos acabamentos, como os puxadores. Embora simples e de baixíssimo custo, os puxadores têm função importantíssima para reforçar o estilo escolhido para o seu móvel. Além disso, dependendo do tamanho, o móvel poderá ficar mais minimalista ou mais funcional. Outro ponto interessante dos puxadores é que você poderá sempre trocá-los facilmente quando desejar, mudando rapidamente a característica do mobiliário.
Desenhe seus armários. Eles geralmente têm 60 cm de profundidade, para permitir uma bancada de cerca de 63,5 cm com uma borda fina. Também têm cerca de 85 cm de altura, obtendo uma altura total de 88,5 cm depois que o material de bancada e revestimento é adicionado. Para calcular o tamanho de armários aéreos, some de 45 a 50 cm à altura do armário e subtraia o total da altura da parede até o teto. Você obterá a faixa de tamanhos de armário com a qual pode trabalhar. A profundidade padrão para armários aéreos é de 30 a 35,5 cm; a dos armários mais baixos fica entre 30 e 150 cm, em incrementos de 5 cm. Os tamanhos mais comuns são 40, 45, 50 e 60 cm. Não se esqueça de planejar o tamanho do armário ao redor das portas que tiver disponíveis para ele, a não ser que pretenda fazer as suas!
En el hemisferio sur estamos en época veraniega, en Argentina en particular, Enero y Febrero son los meses donde casi todos nos tomamos las vacaciones, por eso me pareció interesante publicar el plano de una cabaña vacacional. Sirve para varios propósitos, tanto para una familia pequeña que quiere construirla para uso propio como para alguien … Sigue leyendo Plano de cabaña de un dormitorio y 19 metros cudrados
Bem, não é sobre app DIY projeto simples de madeira? Alguns dos aviso de att pode encontrar nesta aplicação incluída madeira não é nødvendigvis duro ou durável como madeira recuperada. Ele Også para dar madeira velha nova vida. Se a madeira não é usado em demasia mais, será que em aterros sanitários e, eventualmente, se transformar em poeira. Ao usá-lo em um projeto de renovação, foi injetado com uma nova vida, kan der sobreviver geração. O mais importante, é miljøvennlige. Reutilização e reciclagem é viktiga para o ambiente. Voltando til madeira recuperada é uma maneira simples e fácil para as pessoas para ajudar o planeta.
Os aglomerados ou as placas de madeira estão disponíveis em tamanhos grandes, mas por vezes é necessário juntá-los. Já que se unem perfeitamente entre si através de encaixes à máquina, existem várias opções por onde escolher. Os encaixes são muito usados na indústria do mobiliário para fabricar unidades de automontagem. São úteis para a mobília que precisa de ser montada facilmente.

Obrigada por acompanhar nossas publicações e por enviar suas dúvidas para que possamos ajudá-lo. Vemos que em seu caso será mais útil que outros usuários e profissionais possam te ajudar respondendo sua pergunta. Em nossa web temos a seção “Pergunte aos Especialistas”, onde poderá consultar qualquer dúvida relacionada ao setor de obras, reformas e arquitetura e as respostas serão muito mais rápidas: perguntas.habitissimo.com.br/reformas


Obrigada por acompanhar nossas publicações e por enviar suas dúvidas para que possamos ajudá-lo. Vemos que em seu caso será mais útil que outros usuários e profissionais possam te ajudar respondendo sua pergunta. Em nossa web temos a seção “Pergunte aos Especialistas”, onde poderá consultar qualquer dúvida relacionada ao setor de obras, reformas e arquitetura e as respostas serão muito mais rápidas: perguntas.habitissimo.com.br/reformas
O “faça você mesmo” é uma prática que consiste em botar a mão na massa para fazer aquilo que talvez pareça possível só nas mãos de um profissional especializado. Nesse contexto, o que permite agora que possamos restaurar, modificar e criar coisas de toda ordem são as inúmeras ferramentas, facilidades e a disponibilização de conteúdo informativo capaz de nos capacitar para realização de diversas atividades. Para alguns, trocar uma lâmpada, pendurar um quadro e até fazer perfurações para instalação de objetos na parede pode ser uma coisa simples. Para outros, isso tudo pode ser uma tarefa impossível e que certamente terá um resultado negativo. O conceito de faça você mesmo revê essa percepção dando condições e atalhos para que qualquer um possa resolver questões que vão da troca de uma lâmpada até o esforço de criar texturas e formas diferentes nas paredes. Essas pequenas obras podem acontecer em ambientes internos e externos tendo um caráter estrutural, que é o caso quando algum espaço sofre alguma modificação. A restauração de superfícies para que possam receber pintura, aplicação de molduras, acabamentos e certas intervenções são alguns exemplos de modificações mais estruturais. Outro tipo de atividade pode ser aquela que não interfere diretamente em algum cômodo ou área específicos, mas que cria ou modifica objetos e estruturas presentes nesses espaços. Um material que simboliza muito bem a ideia de realizar algo por conta própria é o pallet, estrutura com ripas de madeira que formam um estrado. Os pallets são utilizados para criar jardins verticais, na criação de estruturas para sofás internos e externos e, até mesmo, para servirem como racks de apoio para salas de TV e quarto. Outro material semelhante é a chapa de MDF, muito utilizada na fabricação própria de peças e móveis. O benefício do MDF está no seu preço acessível e na versatilidade em cores e acabamentos, além da facilidade permitida em trabalhar com o material, sem que seja preciso de um grupo de ferramentas mais elaboradas. Uma boa dica para quem se interessa por decoração e construção é começar realizando obras pequenas e mais simples. Assim, o ganho de confiança e habilidade com ferramentas e materiais fará com que o próximo passo seja a realização de obras e reformas maiores. A Leroy Merlin não só proporciona uma infinidade de produtos para que você possa construir ou reformar sua casa. Além disso, proporciona a oportunidade para que você mesmo possa intervir no seu ambiente. Isso pode acontecer por motivações que vão desde o objetivo de economizar até o prazer em poder fazer parte de alguma mudança no seu próprio lar. Pintar, construir, reformar, e qualquer outra forma de trabalho semelhante podem ser atividades que criem meios de distração e relaxamento. A Leroy conta com materiais e ferramentas que vão te ajudar na hora de realizar um trabalho por conta própria. E os consultores de venda Leroy também podem oferecer dicas e sugestões das melhores opções para cada tipo de peça criada ou obra feita.
Nuestra galardonada guía actualizada de Madeira tiene cientos de páginas de información esencial sobre dónde ir, cuándo ir, qué hacer, cómo llegar y dónde alojarse, incluidos mapas, informes detallados sobre el clima, la geografía y historia, más la verdad sobre la vida nocturna, las personas, los lugares y la cultura ... ¡Este es definitivamente el primer 'HACER TURISMO' que debes hacer!
×