Corte duas partes do tecido do tamanho das medidas e acrescente dois 2cm na largura e 7,5 cm no comprimento para as costuras;Determine o tamanho dos bolsos da sapateira;Corte os bolsos acrescentando 2,5cm na altura e com dobro de comprimento desejado;Dobre o tecido no meio e faça uma dobra em cada lado de 0,5cm para a costura;Prenda os bolsos no tecido maior e costure;Passe uma haste de madeira e fixe os ganchos;
Com algumas molduras de MDF eu criei esses quadrinhos rupestres. Nesse caso, pintei as molduras fazendo uma espécie de pátina, de modo que o resultado lembrasse madeira natural. O MDF é uma alternativa barata, mas não tem o mesmo apelo estético que uma madeira natural. Vale mais a pena nos casos em que a ideia é customizar, como o caso das bandejas que mostrei lá em cima.   
Por mais que a gente goste da casa em que mora, é normal de vez em quando bater aquela vontade de mexer em alguma coisinha da decoração para dar novos ares ao lugar. E nem precisa ser no esquema extremo daqueles programas de TV que põem os cômodos abaixo! Muitas vezes, um quadro, um arranjo de plantas e mesmo um capacho reformado já são suficientes para dar o sopro de novidade de que você tanto precisa.
Tenha os móveis que sempre sonhou em sua casa, móveis lindos e planejados de acordo com sua necessidade, sem depender de marcenarias ou lojas, economize até 70%  fabricando você mesmo seus móveis, utilizando ferramentas simples que a maioria das pessoas tem em casa. Neste curso em vídeo aulas práticas passo a passo eu vou te mostrar detalhadamente uma técnica pouco divulgada que permite você economizar uma fortuna em móveis que os donos de loja e marceneiros guardam a 7 chaves.
É muito mais fácil comprar uma cama que já possui gavetas – nós demos sete modelos incríveis em nossa matéria. Mas, se você preferir se aventurar, o blog Make It Boho traz um modelo simples com gavetas enormes que abrem apenas para um lado. Ideal para camas que ficam com uma face encostada na parede! O corpo da cama foi construído por um carpinteiro, sob medida, com tábuas de madeira e rodinhas.
Desbaste primeiro a extremidade da madeira para se certificar de que está a 90 ou a 45°, se necessário. Marque o comprimento da tábua com um x-acto ou um lápis e corte-a com o tamanho certo usando uma serra de respigar. Coloque a tábua por cima das ripas, certificando-se de que a parte macho fica em posição de encaixar a tábua seguinte e, no caso da MFV, de que o lado com a chanfradura está para cima. Pregue as tábuas com pregos de painel. Repita este processo com as restantes tábuas, empurrando-as firmemente para o lugar com um maço e um pedaço da madeira para evitar danos antes de pregar. Deixe a penúltima tábua por cima da anterior, mas antes de pregar use um pedaço de madeira e um lápis para marcar a linha de corte na última tábua, se necessitar de ser aparada para encaixe. Corte e aplaine a tábua na largura. Pode precisar de colocar as duas últimas madeiras dando-lhes um toque para saltarem e encaixarem e, nesse caso, ambas terão de ser pregadas através da superfície, uma vez que não pode usar as partes macho. Martele as cabeças dos pregos e tape com massa de enchimento.
Monte e instale os painéis frontais. Usando juntas planas ou chanfradas, monte as peças frontais da mesma maneira que faria com uma moldura de quadro. Você pode usar a técnica pocket-hole, cavilhas ou juntas tipo caixa e espiga para prender as peças juntas. Escolha um método que já conheça. Depois que terminar, cole e pregue toda a unidade no lugar. Com os pregos embutidos, você pode usar massa para madeira e tinta, stain ou verniz para dar acabamento aos armários.
Copyright ® African Artesanato - Todos os direitos reservados. Preços e condições de pagamento válidos exclusivamente para compras efetuadas no site, não valendo necessariamente para a rede de lojas físicas. As imagens dos produtos são meramente ilustrativas. Todos os preços e condições comerciais estão sujeitos a alteração sem prévio aviso. African Artesanato - CNPJ 24.766.306/0001-11 Rua Turiassú, 1267 Perdizes, São Paulo - SP CEP: 05005-001
Já pensou em criar uma mesa para sua área de trabalho com 8 blocos de concreto e uma ripa de madeira? Pois saiba que é possível, usável e também muito barato fazer uma como a da foto. Você só precisa escolher blocos vazados em quantidade suficiente para a altura que você deseja. Feito isso, basta providenciar uma ripa de madeira como as utilizadas em prateleiras, com largura suficiente para ficar apoiada sobre os blocos. Prontinho, sua mesa está pronta para usar. Opte por lugares que tenham tomadas fáceis e uma boa iluminação. Bom trabalho!
Este primeiro projeto trata-se de uma estante de nichos que pode ser utilizada para dividir ambientes de maneira prática e muito charmosa. Além de decorar, o interior das caixas servirá para guardar livros, revistas, plantas, objetos de decoração e tudo mais que você achar necessário. O processo é simples: basta pintar algumas das caixas com as cores de sua preferência e montar a estante, intercalando cores e tamanhos. A montagem pode ser feita aleatoriamente, o importante é parafusar as caixas umas sobre as outras, deixando-as bem firmes para evitar acidentes. 
Estarão envolvidas 53 entidades neste plano, incluindo “companhias aéreas, operadores turísticos e também agências de viagens online mais relevantes dos respetivos mercados”, detalhou o mesmo documento. Os planos serão apoiados pelo Turismo de Portugal, que irá trabalhar com as Agências Regionais de Promoção Turística e implicam um investimento que chega a um milhão de euros.

O PS Madeira quer saber quando foi efectuada a última actualização dos planos de segurança dos museus e as medidas que estão a ser tomadas nas áreas da prevenção e gestão de risco na salvaguarda do património. Os socialistas deram entrada na Assembleia Regional a um conjunto de perguntas dirigidas a Paula Cabaço, secretária regional do Turismo e Cultura, relativamente a esta área.
×