A madeira utilizada para fazer esse projeto foi assoalho de pinus. O pinus foi escolhido, pois onde foi colocado o painel não tem contato com sol e nem com umidade. O pinus é uma madeira mais barata e é uma ótima opção para ambientes internos. As tábuas foram todas escolhidas a dedos, pois quando tem mais veias e nós na madeira, o projeto fica ainda mais bonito.
O PS Madeira quer saber quando foi efectuada a última actualização dos planos de segurança dos museus e as medidas que estão a ser tomadas nas áreas da prevenção e gestão de risco na salvaguarda do património. Os socialistas deram entrada na Assembleia Regional a um conjunto de perguntas dirigidas a Paula Cabaço, secretária regional do Turismo e Cultura, relativamente a esta área.
Estarão envolvidas 53 entidades neste plano, incluindo “companhias aéreas, operadores turísticos e também agências de viagens online mais relevantes dos respetivos mercados”, detalhou o mesmo documento. Os planos serão apoiados pelo Turismo de Portugal, que irá trabalhar com as Agências Regionais de Promoção Turística e implicam um investimento que chega a um milhão de euros.

O prolongamento do plano operacional irá acarretar custos para a Madeira, mas apenas no que se refere aos meios operacionais em terra. “Em relação ao POCIF, naturalmente que há sempre custos associados, porque as equipas no terreno necessitam de um apoio para esse prolongamento. Em relação a 2017, esse prolongamento correspondeu a cerca de 30 mil euros. Em relação ao meio aéreo, e atendendo a que isto é uma responsabilidade nacional, naturalmente que não pretendemos que esse prolongamento seja objeto de qualquer valor adicional”, disse.
×